IRMAO MALAQUIAS



(foto: Google Maps)




Trabalhos:
SEGUNDAS = 20h00 (Estudo do Evangelho / Fluidoterapia)
QUARTAS = 20h00 (Educação Mediúnica)
QUINTAS = 14h00 (Estudo de “O Livro dos Espíritos / Fluidoterapia)


História:
Fundado em 18/10/1948
Na reunião de diretoria realizada em 27/09/1988 foi proposto pela secretaria da Casa que constasse nos arquivos a biografia do Irmão Malaquias.
Em 10/09/1988, por volta de 15h30, em conversação com o médium Salvador da Motta, o Irmão Malaquias, através de intuição, relatou:
Que o seu médium fora o irmão João dos Santos, que realizavam os intercâmbios espirituais na residência dele, que sentindo a necessidade de construir uma sede própria, em face do número de frequentadores que aumentava, foi proposto ao mentor espiritual, dentro das possibilidades, a construção de um salão, sendo doado pelo sr. João dos Santos e sua esposa, Francisca Tavares dos Santos, um terreno, sendo contruido um salão de 16m2 por vários trabalhadores da Casa à época. 
Após a construção, em 22/09/1948, foi realizada uma reunião com os todos os frequentadores, para que o nome do Centro fosse escolhido.
Irmão Malaquias nasceu em 22/09/1818. Natural de Ipanema, atualmente conhecido como Varnhagem, no estado de SP. Foi escravo.
Seu pai se chamava Malaquias, e para fazer distinção entre sua esposa e seu genitor, lhes deram o nome de Ignácio Malaquias. Sua mãe a chamavam de Nha Maria. Tinha uma irmã, Gertrudes. Não existem arquivos de sua família, por os escravos não eram registrados em cartório.
Desencarnou com 90 anos, em meados de 1908. Viveu cerca de 70 anos em regime de escravidão.
Iniciou sua missão como orientador espiritual do Centro em 1940. Teve contato também com Tomas Caxambu, também escravo.
Os altos mandatários da época, assim como todos os escravos, foram levados pelo Plano Espiritual para formarem e realizarem um conjunto de trabalho e, graças aos abolicionistas, conseguiram a aprovação da Lei Áurea, assinada pela Princesa Isabel, em 13/05/1888.


Comments